Ícone acessibilidade

Acessibilidade

10 de julho de 2024

Biodiversidade e ConservaçãoCompromissos para o FuturoImpacto Positivo

Série documental EUCEANO estreia terceira temporada no Dia Mundial do Oceano

Depois de duas temporadas de sucesso gravadas nas Maldivas e no Mar Vermelho, a série documental EUCEANO mergulha em território nacional para contar histórias inspiradoras de brasileiros que têm a conservação ambiental como propósito de vida. Os apresentadores Rodrigo Thomé e Rodrigo Cebrian buscam mostrar que todos estamos conectados e somos parte de um mesmo oceano.

A estreia da temporada Brasil foi no Dia Mundial do Oceano, 8 de junho. Afinal, não há data mais propícia para o lançamento do projeto do que esta que reforça a importância da proteção das águas marinhas do planeta.

Apoio de instituições

Esse é o único projeto audiovisual brasileiro que tem apoio institucional da UNESCO e da Década dos Oceanos (ONU) – período de 2021 a 2030. A nova temporada da série documental EUCEANO conta com 8 novos episódios e será exibida no Canal OFF, do Grupo Globo, e estará disponível no catálogo do Globoplay. Esta temporada, em especial, também contou com apoio e suporte científico da Fundação Grupo Boticário de Proteção à Natureza. A Fundação, aliás, atua com a conservação da natureza e do oceano há mais de três décadas no Brasil.

Mergulhando na terceira temporada

Nesta nova aventura, os Rodrigos viajam para o Norte e Nordeste do Brasil para conhecer pessoas que se dedicam ao futuro sustentável. Do Pará ao arquipélago de Fernando de Noronha, eles revelam como a conexão oceânica se dá pelos rios, manguezais, florestas, mares e, também, pelas pessoas.

Além disso, eles também se jogam em aventuras inéditas. Os apresentadores desvendam a riqueza cultural do mangue ao conhecer a maior faixa de manguezal do mundo no extremo Norte brasileiro, surfam as ondas de águas doce na Ilha de Mosqueiro (PA) e nadam com peixes-boi. Em Fernando de Noronha, eles mergulham na iniciativa de um projeto de restauração de corais e se encantam com os golfinhos e tubarões. Tudo isso, costurado por histórias de pessoas que dedicam a vida, de alguma forma, à preservação do meio-ambiente e suas criaturas. 

Consciência ambiental

Esses temas podem despertar o sentimento de amor e reconexão com o oceano, mesmo que, às vezes, sem nunca o ter conhecido de perto. “O audiovisual tem o grande poder de aproximar as pessoas de realidades aparentemente distantes. A partir do conhecimento e da sensibilização, mobilizamos a sociedade para atuar efetivamente a favor da causa oceânica, essencial para a vida de todos nós. Estar ao lado de EUCEANO nesta temporada brasileira reforça o nosso compromisso com a conservação da biodiversidade”, afirma Omar Rodrigues, gerente de Comunicação e Engajamento da Fundação Grupo Boticário.    

Aliás, este é um dos principais objetivos do movimento EUCEANO, que além de tudo é uma organização que atua na área de cultura oceânica, em projetos de engajamento social de conservação e na construção de uma interface com o poder público na busca por legislações mais adequadas ao tamanho dos desafios de frear os efeitos do aquecimento global nos mares – que são o maior ecossistema regulador do clima.