Ícone acessibilidade

Acessibilidade

20 de março de 2023

Artigos

Edital oferece cinco bolsas de 10 mil para a produção de reportagens sobre o oceano

Iniciativa da Fundação Grupo Boticário, em parceria com a COI-Unesco, busca estimular a produção de conteúdos jornalísticos sobre a atuação brasileira no cumprimento de compromissos globais relacionados com a proteção do oceano

A Fundação Grupo Boticário de Proteção à Natureza e a Comissão Oceanográfica Intergovernamental (COI) da Unesco lançam nesta terça-feira (14) a terceira edição do Edital Conexão Oceano de Comunicação Ambiental. O objetivo é fomentar a produção de conteúdo jornalístico qualificado para sensibilizar, conscientizar e engajar a sociedade a favor da conservação do oceano. Serão selecionados até cinco projetos de reportagem para receber bolsas de R$ 10 mil cada. As inscrições podem ser feitas até o dia 16 de abril por meio de formulário online disponível no site da Fundação Grupo Boticário.

Os jornalistas interessados podem inscrever até dois projetos para a produção de reportagem ou série de reportagens para veículos jornalísticos impressos, de televisão, rádio ou internet, que retratem a atuação brasileira para cumprir compromissos globais relacionados com a proteção do oceano. As reportagens podem abordar políticas públicas, cases nacionais e regionais, uso sustentável, lacunas de atuação, cooperação internacional, comparação com outros países, cruzamento de dados e estatísticas, entre outras possibilidades.

Como referência para a produção das reportagens, os interessados podem consultar no regulamento do Edital diversos acordos, tratados e compromissos internacionais que contam com a participação do Brasil ou visam a adesão brasileira, entre eles estão , a Convenção sobre a Conservação das Espécies Migratórias de Animais Silvestres, a Convenção sobre Diversidade Biológica, a Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas, o Tratado da Antártica, a Convenção das Nações Unidas sobre o Direito do Mar (BBNJ), a Década da Ciência Oceânica para o Desenvolvimento Sustentável (Década do Oceano), a Década da Restauração de Ecossistemas, a Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável (ODS 14) etc..

“A cada ano, procuramos estimular novos olhares para aspectos importantes da sustentabilidade do oceano. Nossa intenção é fomentar a produção de conteúdo jornalístico de qualidade, com apuração cuidadosa e abrangente sobre os desafios enfrentados na conservação da biodiversidade marinha e na proteção dos ambientes costeiros. Sabemos que a comunicação pode sensibilizar e engajar amplos setores da sociedade para conhecer mais sobre estas realidades”, afirma o gerente sênior de Engajamento, Comunicação e Relações Institucionais da Fundação Grupo Boticário, Omar Rodrigues.

Podem se inscrever no Edital profissionais formados ou que comprovem exercer a função jornalística regularmente há pelo menos dois anos, sem a necessidade de serem especializados em coberturas ambientais. A seleção dos bolsistas considerará a criatividade e originalidade da pauta; a relevância do tema para a sociedade; a consistência do plano de apuração e de divulgação; o currículo e a qualidade das produções anteriores do candidato; além do alcance do veículo de comunicação onde o material será veiculado. As inscrições poderão ser individuais ou em dupla e as reportagens deverão ser publicadas até o final de novembro deste ano.

Trazer o oceano para a pauta

A Fundação Grupo Boticário e a COI Unesco avaliam que há carência de conteúdo relacionado aos desafios do oceano na cobertura jornalística. “Nossa expectativa é de que os materiais produzidos com o apoio do edital possam se tornar referência de qualidade, inclusive para outros profissionais da imprensa. Entendemos que premiações e bolsas de apoio são estratégias reconhecidas para criar e incentivar a comunicação de qualidade sobre temas importantes para a sociedade”, frisa Rodrigues.

Nas duas edições anteriores, o Edital Conexão Oceano de Comunicação Ambiental apoiou reportagens sobre legislações e políticas públicas costeiro-marinhas e, também, sobre a relação existente entre mudanças climáticas, clima, oceano e resiliência costeiro-marinha.

Década do Oceano

O Edital Conexão Oceano está alinhado com a Década da Ciência Oceânica para o Desenvolvimento Sustentável, ou simplesmente Década do Oceano (2021-2030), que busca conscientizar a população global sobre a importância dos oceanos e mobilizar atores públicos, privados e da sociedade civil organizada em ações que promovam a saúde e a sustentabilidade dos mares. A Fundação Grupo Boticário é reconhecida pela Unesco e pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações como uma das representantes da sociedade civil da Década do Oceano no Brasil.

3ª edição do Edital Conexão Oceano de Comunicação Ambiental

Inscrições: de 14 de março a 16 de abril, via formulário online disponível no site da Fundação Grupo Boticário. Mais informações: Leia o regulamento.