Ícone acessibilidade

Acessibilidade

20 de junho de 2023

Artigos

Bairro de Pinheiros ganha nova “Estação Preço de Fábrica”, em São Paulo

Grupo Boticário inaugura, em parceria com a startup Green Mining e Prefeitura de São Paulo, nova unidade no Mercado Municipal de Pinheiros; projeto já recolheu 847 toneladas de vidro e papel

Projeto do Grupo Boticário em parceria com a startup Green Mining e a Ibema, que tem o objetivo de comprar e destinar de maneira ambientalmente correta resíduos de vidro, papelão, papel branco e papel cartão, contribuindo com o meio ambiente e a sociedade com o aumento e/ou incremento de renda da população, inaugura no dia 19 de junho a segunda unidade do “Estação Preço de Fábrica” na capital paulista, localizada no Mercado Municipal de Pinheiros.

Desde novembro de 2021, os pontos de coleta do “Estação Preço de Fábrica” buscam incentivar uma nova forma de lidar com a logística reversa e a economia circular ao propor que o valor pago pelas usinas de reciclagem seja entregue para qualquer pessoa que leve os materiais (vidro ou papel pós-consumo) até uma das estações do projeto. Além de Pinheiros, há pontos de coleta no bairro do Jabaquara e na cidade de Embu das Artes, localizada na grande São Paulo.

Conectadas diretamente aos Compromissos para o Futuro, as políticas, estratégias e iniciativas ESG do Grupo buscam soluções que colaborem na construção de um futuro melhor. “Uma das iniciativas que mais acreditamos para endereçar nossos compromissos com a gestão de resíduos é o ‘Estação Preço de Fábrica’ que, além de dar um destino ambientalmente correto para os resíduos coletados, proporciona também incremento de renda. Até o momento, já colaboramos com a renda de mais de 2.500 famílias e recolhemos 847 toneladas de vidro e papel”, explica e comemora Mariana Cavanha, Gerente de Sustentabilidade do Grupo Boticário.

Temos um carinho muito grande pelo bairro que já atuamos há anos junto ao Coletivo Pinheiros. Trazer uma nova estação em parceria com a Prefeitura e o Grupo Boticário fortalece a transformação que esta iniciativa proporciona para as pessoas que mais precisam”, completa Rodrigo Oliveira, presidente da Green Mining.

Os resíduos coletados são encaminhados para empresas da cadeia produtiva de embalagens que irão reincorporar os resíduos pós-consumo em suas produções fabris. Com isso, é realizado a economia circular, a valorização dos resíduos, fechamento de cadeia e o impacto positivo na sociedade e meio ambiente.

O lançamento da “Estação Preço de Fábrica” é um marco importante após a realização da Virada ODS em São Paulo, a prefeitura da cidade vem buscando o engajamento da população para o cumprimento da agenda ODS 2030 e a prioridade é tornar a sustentabilidade uma realidade para todos. O Mercadão de Pinheiros inicia esse próximo passo, promovendo uma coleta de recicláveis a preços de fábrica“, disse Carlos Fernandes, secretário-executivo municipal de Segurança Alimentar e Nutricional e de Abastecimento.

A Estação Preço de Fábrica é um exemplo de como a prefeitura, gestão Ricardo Nunes, está trabalhando para fazer o planeta um lugar melhor para nós e as futuras gerações. Hoje, começamos com ações em São Paulo, um município enorme, que cabe o mundo, mas aos poucos, vamos transmitir o exemplo para diversas outras cidades, estados e países, porque tudo o que se faz em São Paulo e dá certo, o Brasil odo copia. Espero que a população realmente aproveite essa iniciativa e que dê bons frutos aos paulistanos”, comenta a secretária municipal de Relações Internacionais, Marta Suplicy.

O “Estação Preço de Fábrica” em Pinheiros conta com o apoio da Prefeitura de São Paulo.

Funcionamento: segunda a sexta-feira das 8h às 17h, sábado das 8h às 12h.