Ícone acessibilidade

Acessibilidade

2 de agosto de 2023

Artigos

Conquistamos o top 10 das empresas mais inovadoras do Brasil

O Prêmio Valor Inovação Brasil divulgou ontem (01/08) o resultado da pesquisa sobre inovação mais reconhecida do país. Nós conquistamos a 8ª posição no ranking geral e a 2º posição no setor de higiene, cosméticos e limpeza, a melhor desde o lançamento da pesquisa, há 9 anos.

O reconhecimento reflete a nossa cultura, valores (essências) e estratégia de negócios, todos voltados à inovação e ao aprendizado contínuo. Essa ideia, inclusive, é sempre reforçada pelo nosso CEO, Fernando Modé. “Para mim, erros são a ponte para inovações. Mais importante do que errar ou acertar é aprender”. Os investimentos em inovação buscam expandir o nosso ecossistema de beleza, colocando o cliente no centro de todas as nossas decisões. 

Entre as nossas últimas inovações, estão as fragrâncias Egeo, “On you” e “On me”, desenvolvidas com a ajuda de inteligência artificial. Com o novo método de desenvolvimento, o prazo para a criação das colônias passou de três anos para dois meses.

A tecnologia também está presente no nosso “catálogo perfumado”, um dispositivo com tela capaz de transmitir fragrâncias que potencializa as vendas das nossas revendedoras.

Considerando a atenção do cliente ao meio ambiente, também inovamos ao desenvolver o projeto “Amostragem do Bem” em parceria com a Suzano. Com essa iniciativa, nosso foco é substituir as 30 milhões de toneladas de plástico que produzimos anualmente para as embalagens de amostras, por materiais feitos de matéria-prima de fonte renovável, biodegradável e reciclável.

A inovação aqui no Grupo Boticário acontece todos os dias ao buscarmos soluções que atendam as necessidades dos nossos clientes, da pesquisa à pós venda. Nessa busca, o nosso segredo é o equilíbrio, o que chamamos de “lovetech”, como explica o nosso CEO: “Combinamos tecnologia e sensibilidade humana, pilares fundamentais da nossa cultura e que nos alavancam como uma empresa inovadora sem perder o toque humano.”