Recursos de
Acessibilidade

Acessibilidade

14 de dezembro de 2021

Fibra de Celulose reduz em até 50% uso de PET nas embalagens de cosméticos

Beleza TransparenteBiodiversidade e ConservaçãoCompromissos para o FuturoDesenvolvimento de ProdutosGrupo boticárioImpacto PositivoInovaçãoResíduos Sólidos

Material conhecido como PULPpack reduzirá em até 50% a utilização de polímeros PET por embalagem e chegará a conhecimento dos consumidores em 2022.

O Grupo Boticário desenvolveu projeto piloto da primeira embalagem cosmética nacional utilizando material de fonte renovável e reciclável, feito basicamente de fibras vegetais. Chamada de Pulppack, a embalagem sustentável reduz o uso de polímeros PET em até 50%.


Para implementar esse novo conceito, a área de P&D do Grupo Boticário está realizando testes com frascos de Nativa Spa 400ml, da marca O Boticário. A massa do frasco, já feita de material PET, foi reduzida em aproximadamente 50%. Para manter a resistência da embalagem, a estrutura externa será feita com o material PULPpack, composto por fibras de celulose misturadas com água e moldadas de acordo com a necessidade. A embalagem final atende também o conceito de disassembling, que facilitará o processo de reciclagem, pois é de fácil desmontagem e separação.


Este projeto de embalagens cosméticas é inédito no Brasil e chega para reforçar o trabalho do GB em prol do meio ambiente. “Não basta afirmar que a sustentabilidade está no DNA da nossa empresa, é essencial que todos os nossos processos estejam voltados para isso. Inovamos diariamente, buscando novas tecnologias que ofereçam soluções aos principais desafios de sustentabilidade da atualidade. Por isso assumimos metas ambiciosas que tem o objetivo de tornar o mundo melhor para as gerações futuras e estamos na busca incessante para atingi-las”, afirma Gustavo Dieamant, Diretor de P&D do Grupo Boticário.


A fase de desenvolvimento deste material já dura vários meses, além disso testes ainda são realizados com a finalidade de garantir a excelência de qualidade característica dos produtos do Grupo Boticário. Após esta fase, a equipe de P&D estima que os primeiros protótipos serão lançados no mercado ainda no primeiro semestre de 2022. Mudança que será extremamente positiva para o mercado de beleza na busca por ser uma indústria cada vez mais sustentável.

Quer receber as novidades do Grupo Boticário no seu email?