Ícone acessibilidade

Acessibilidade

15 de junho de 2021

7,5 Mil pessoas beneficiadas por meio de projetos incentivados

Diversidade e InclusãoSocial

Com foco em capacitação profissional, empoderamento empreendedorismo, as iniciativas serão executadas ao longo de 2021 em quatro cidades: Belo Horizonte, Camaçari, Curitiba e São Paulo


O Instituto Grupo Boticário busca desenvolver as comunidades em que atua, investindo no desenvolvimento social por meio de recursos próprios e projetos incentivados. Por isso, destinou mais de R$ 3 milhões em recursos do Imposto de Renda para promover o bem-estar social em quatro cidades brasileiras. Foram selecionados nove projetos sociais, culturais e esportivos em Belo Horizonte, Camaçari, Curitiba e São Paulo que atuam com foco na capacitação profissional, empreendedorismo e empoderamento, temáticas relevantes para o Instituto Grupo Boticário. Todos os projetos serão executados ao longo de 2021.


“Esse dinheiro vai beneficiar o trabalho de organizações sociais e de comunidades de cidades em que estamos mais presentes com nossas operações. Ao todo, mais de 7,5 mil pessoas serão beneficiadas”, detalha Malu Nunes, diretora executiva do Instituto.


Em Camaçari, cidade onde o Grupo Boticário mantém uma fábrica, o projeto beneficiado será o “Mapas Afetivos”, que é destinado a mulheres que querem ser protagonistas de suas vidas. Ele buscará empreendedoras locais para compartilharem suas experiências como líderes de negócios diversos para capacitar e inspirar adolescentes e jovens. Serão realizados 12 encontros técnicos e temáticos onde serão abordados temas de empreendedorismo e novos negócios e mídias sociais (gestão, foto e vídeo).


Em São Paulo, um dos projetos selecionados é o da ONG Mulher Vida Corrida, que usa a prática esportiva como promoção do empoderamento feminino trabalhando autoestima e desenvolvimento de habilidades sociais e individuais. “É de tamanha importância para o Vida Corrida e tantas outras ONGs apoiadas anualmente esse patrocínio incentivado. Com ele podemos oferecer atendimento qualificado para meninas e mulheres do bairro do Capão Redondo”, conta Neide Santos, presidente e fundadora da ONG. Além dessa iniciativa, outros projetos como o do Teatro Dr. Botica, Líder + e Inove também acontecerão na capital paulista.


Em Curitiba, berço do Grupo Boticário, serão três projetos beneficiados: Amigo do HC; Faça Você Mesmo, iniciativa de atletismo adaptado nas escolas e o Acolhimento Humanizado, no Asilo São Vicente de Paulo.


Já em Belo Horizonte, projeto beneficiado será o da Rede Sênior, que visa aumentar e melhorar as condições de empregabilidade e estimular o empreendedorismo em idosos de BH em situação de vulnerabilidade agravadas pela pandemia. “O investimento social do Instituto Grupo Boticário no projeto expressa imenso valor com a vida, quando os limites da idade exigem um cuidado maior”, comentou Fernando Alves, fundador e Diretor Executivo da Rede Cidadã, responsável pelo projeto.

Quer receber as novidades do Grupo Boticário no seu e-mail?