Nossas Pessoas
  • 22 DE dezembro DE 2020

Se tem uma coisa que 2020 nos ensinou foi que
juntos mudamos o mundo. Aqui, a gente acredita na beleza das relações e vê na prática como mentes diferentes e diversas pensam mais rápido e melhor. E se o nosso propósito é criar oportunidade para a beleza transformar a vida de cada um, diversidade e inclusão são caminhos obrigatórios para ajudar a mudar a vida de todos.

Buscamos proporcionar condições para que todas as pessoas tenham os mesmos acessos, independentemente de origem, gênero, identidade de gênero, idade, raça, religião, condição física, nacionalidade, orientação sexual ou quaisquer outras características pessoais.
Mais do que respeitar a diversidade, vemos as diferenças como alavancas de inovação e crescimento.



Uma das mudanças mais comentadas do nosso ano foi transformar a Black Friday em Beauty Week. Essa decisão começou a se desenhar em conversas do nosso Grupo de Afinidade de Raça e Etnia Além da Pele, que contou com o apoio de especialistas. A origem da nomenclatura é incerta e algumas pessoas sentiam desconforto com o termo. Mudar o nome não foi um gesto simples e acreditamos que a ação tem capacidade de reverberação e influência em todo o setor, assim como nas empresas do varejo. Também entendemos que mudanças como essa são fundamentais para provocar reflexões e, mais ainda, evoluções na sociedade.

“Todos os anos surgem críticas e dúvidas sobre a origem do termo e incômodo por parte de alguns consumidores. Daí, veio a provocação: por que não? A gente sabe que essa mudança sozinha não vai resolver o problema. Entretanto, sabemos da relevância que temos no varejo nacional e por isso resolvemos provocar o mercado e a sociedade à reflexão; e esse objetivo entendo que atingimos!”

Renato Amendola, head da área de Diversidade e Inclusão

Além do GA sobre a perspectiva de raça, em 2020 formamos outros 4 grupos de discussões sobre diversidade: Gênero, Gerações, LGBTQIA+ e Pessoas com Deficiência. Para cada um deles, foram organizados espaços seguros de troca, crescimento e informação para todos os membros.

Renato Amendola, nosso líder e Diversidade e Inclusão, comenta sobre a importância do projeto: “uma ferramenta ultrapotente de democratizar as discussões e acelerar as mudanças que queremos. É lindo ver o brilho no olho dos nossos colaboradores, numa conversa sincera, sem hierarquia, expondo nossas dores e discutindo as soluções”.

No mês da Consciência Negra, lançamos uma série de lives sobre os nossos esforços e desafios na jornada de equidade e letramento racial. Também realizamos webinars com lideranças do Grupo para direcionamento de carreira para profissionais negros.

“Embora tenhamos conquistas positivas e importantes em busca da equidade racial, aqui, no Grupo Boticário, temos a obrigação de fazer mais e influenciar quem pudermos para fazer a mesma reflexão”.



Artur Grynbaum, CEO do Grupo Boticário

“O combate ao racismo é uma jornada permanente. Nos provoca a olhar pra nós mesmos e rever atitudes mínimas que podem ferir ou discriminar alguém apenas pela cor da sua pele. E todo esse movimento só nos traz a certeza de que esse tema não acaba com o fim de uma campanha ou uma data comemorativa. Ele precisa ser permanente, insistente, questionador e estar presente no nosso dia a dia. É esse compromisso que nos leva a assumir metas de promoção da equidade racial entre nossos colaboradores e lideranças, nosso atendimento na rede de franqueados, nossos produtos e nossa comunicação. Estar alerta é importante, agir é fundamental”.

Gustavo Fruges, diretor de Comunicação d’O Boticário





Um movimento que incentivou as colaboradoras a escreverem, para elas mesmas, sobre alguma passagem de suas vidas em que se sentiram desencorajadas profissionalmente pelo simples fato de serem do gênero feminino. Essa e outras iniciativas em favor da equidade de gênero nos ajudaram a conquistar o Top 3 no Ranking Great Place to Work
das melhores empresas para
mulheres trabalharem.

Fomos patronos do primeiro fórum de empresas para discutir e encontrar soluções às questões geracionais no mundo do trabalho, o Fórum de Gerações e Futuro do Trabalho. Nesse sentido, no programa de trainee para tecnologia, excluímos a necessidade de experiência anterior com o objetivo de garantir representatividade de gerações para candidatos que desejam redirecionar suas carreiras para essa área.

O projeto Desenvolve vai formar 130 novos programadores para atender a demanda reprimida de vagas no mercado da tecnologia, sendo 50% das vagas destinadas para mulheres e negros. Outra novidade foram as mentorias criadas especialmente auxiliar pessoas com deficiência na ascensão profissional.

“Neste ano, nossos colaboradores foram os grandes protagonistas [da Semana de Diversidade] por meio dos Grupos de Afinidade. Foram muitas histórias, projetos e desafios compartilhados com nossos times”.
Renato Amendola, head da área de Diversidade e Inclusão do Grupo Boticário



Esse ano, a nossa Semana da Diversidade convocou cada um para assumir a sua responsabilidade e falar que toda transformação #ComeçaPorMim. Lives e conteúdos especiais foram disponibilizados por nossos colaboradores para todos que nos acompanham nas redes sociais.

Josiany Batista Lima, analista de Comunicação

A partir do que ouvimos, aprendemos e fizemos durante todo o ano criamos as nossas resoluções e, com a Semana da Diversidade, assumimos novos compromissos com o futuro. Segundo Renato Amendola, esse movimento começou em junho. “Fomos a público e nos comprometemos em avançar de maneira consistente na dimensão racial em 3 pilares: pessoas, produtos e comunicação”.









Essa é a principal mensagem da campanha de Natal de O Boticário estrelada por um Papai Noel negro. A frase resume a intenção dos nossos esforços deste ano. Além do comercial, a campanha natalina conta com um documentário (abaixo) que traz a história do bom velhinho e suas representações
com narração de Lázaro Ramos.

A campanha de Natal é parte de um compromisso do Boticário com a equidade racial em sua comunicação e atuação no mercado de beleza. Além desse vídeo, também foi lançada, em parceria com a filósofa Djamila Ribeiro, a série “Como ser antirracista”. Em quatro diferentes episódios, Djamila fala sobre práticas antirracistas para um mundo melhor.

“É sobre servir e inspirar a sociedade nessa desconstrução e transformação social. Promover debates, oportunizar espaço de fala e construção de projetos que impactem diretamente a vida e carreira da população negra é sinônimo de esperança e inquietude para buscar a tão sonhada equidade racial”.
Debora Conceição Freitas, líder do Grupo de Afinidade de Raça e Etnia "Além da Pele "

“Trabalhamos para que a diversidade não seja um cabo de guerra, em que alguém precisa ganhar e alguém precisa perder. Queremos promover o diálogo, encontrar o meio termo e fazer com as pessoas sejam felizes simplesmente por serem quem são!”.

Renato Amendola, head da área de Diversidade e Inclusão

Sabemos que os problemas estruturais dos preconceitos que carregamos involuntariamente extrapolam as metas corporativas, mas enquanto pudermos fazer a nossa parte, faremos.

O desafio de mitigar as desigualdades é ainda maior do que foi o 2020, mas a pluralidade das nossas equipes faz toda a diferença. Juntos, somos gigantes.

TAGS: : #retrospectiva #papainoelnegro #diversidade #campanhadenatal #GRUPOboticario #beautyweek