Inovação
  • 17 julho de 2019

Aqui no Grupo Boticário, a gente acredita que sempre existe um jeito de fazer ainda mais bonito. Foi assim que surgiu o nosso desejo de inventar uma nova maneira de produzir fragrâncias. O desafio era combinar inteligência artificial e perfumaria para entender o novo perfil de consumidor e criar a alquimia do match perfeito. Para isso, invocamos a deusa grega do perfume, Phylira — que no mundo real empresta o seu nome a uma inovadora tecnologia de inteligência artificial criada pela IBM em conjunto com a Symrise, uma das nossas principais fornecedoras de fragrâncias. Dessa parceria, nasceu o Egeo On, uma explosão de aromas que transforma os sentidos.

Não, a máquina não vai substituir o talento dos nossos colaboradores. Um dos grandes resultados desta jornada foi perceber que o ser humano tem um papel fundamental: ensinar a tecnologia a aprender. A larga experiência de David Apel, o perfumista da nossa parceira Symrise, foi crucial antes, durante e depois do processo, calibrando o “cérebro artificial” e avaliando os resultados para adequá-los às expectativas do Grupo Boticário.

Monique Cantu, nossa pesquisadora em formulação e uma das principais responsáveis pelo projeto, relata a maior vantagem trazida pela tecnologia: “Enquanto os perfumes normais têm, em média, 100 retrabalhos, o Egeo On teve apenas cinco”, revela. Esse ganho de tempo também permite que os profissionais se dediquem mais profundamente à composição final da fragrância que chegará ao consumidor nas lojas.

Sem medo de errar e sempre em busca de novas experiências.

Assim são os Millenials, a geração de pessoas nascidas entre os anos 80 e 2000. As características desses jovens têm tudo a ver com O Boticário, que desbravou caminhos inéditos ao desenvolver um processo totalmente inovador no mercado mundial de perfumaria. A empreitada fortalece o compromisso do Grupo Boticário em criar tendências que elevem a experiência dos nossos consumidores e nos tornem referência em inovação.

Num processo colaborativo, o Grupo Boticário e a Symrise reuniram milhões de dados sobre fórmulas, ingredientes, história da perfumaria e taxas de aceitação do consumidor. Em seguida, alimentamos o Phylira com as informações que, ao serem processadas, resultaram em duas
fragrâncias: o Egeo On You e o Egeo On Me.

As combinações surpreenderam a nossa equipe. Além de ingredientes tradicionais como frutas, flores e madeiras, surgiram notas inusitadas como pepino e leite condensado — especiarias incomuns, mas que resultaram em sinergias olfativas únicas.

"Fico muito feliz em estar
construindo, junto com
meus colegas de trabalho,
uma revolução tão grande
na arte da perfumaria.
Foi o processo mais inovador
de que já participei."

Monique Cantu,
pesquisadora em formulação
no Grupo Boticário.

Os impactos de apostar em uma tecnologia de inteligência artificial são muitos, a começar pela agilidade no desenvolvimento de novos produtos. Enquanto um processo convencional pode levar até três anos, o Egeo On nasceu depois de apenas seis meses. Essa velocidade permite que sejamos mais sustentáveis nas nossas práticas, colaborando para que as decisões sejam tomadas mais facilmente.

O trabalho também serviu para aproximarmos ainda mais áreas estratégicas do negócio, como pesquisa, planejamento & desenvolvimento, marketing e comunicação. Desde o início, a interface entre elas garantiu a conversão da tecnologia em entrega para que nossos consumidores desfrutem dos resultados de maneira mais assertiva.

Para celebrar o amor nos tempos do algoritmo e apresentar as novas fragrâncias ao mercado, criamos uma campanha especial de Dia dos Namorados. Inspirados na diversidade dos Millenials, reforçamos o nosso posicionamento de marca — Onde tem amor tem beleza — de uma forma leve e humorada, exatamente como pede a data mais apaixonante do ano. Confira o filme!

E você, já experimentou os novos Egeo On You e Egeo On Me?

Conta pra gente lá no Instagram o que você achou!
#inteligenciaartificial #diadosnamorados #inovação #tecnologia