Nossas Pessoas
  • 19 agosto de 2019

Da mesma forma que ninguém ganha um campeonato sozinho, a criação de um filho é uma tarefa que precisa ser um trabalho em equipe. Por isso, o Grupo Boticário cria a oportunidade para que eles possam expressar a sua paternidade em todo o seu significado. Ser pai é estar junto desde o início da partida.

A frase, famosa por uma campanha publicitária dos anos 80, continua viva em nossa memória até hoje porque é real. Aquela figura do homem de família emocionalmente distante e fisicamente ausente vem deixando de ser uma verdade absoluta.

Ser pai é estar tão envolvido na vida dos filhos quanto a parceira ou o parceiro, compartilhando — e, às vezes, até assumindo sozinho — os desafios de entrar em campo e jogar junto todos os dias, sobretudo nos primeiros dias, quando tudo é novidade. Por isso, aqui no Grupo Boticário, estimulamos nossos colaboradores a criarem laços afetivos com os seus filhos desde o nascimento, oferecendo uma licença-paternidade de 20 dias. E estamos fazendo o possível para que essa realidade seja ainda melhor.

Eles vibram pelas conquistas, apoiam nos momentos difíceis e aprendem enquanto ensinam. Conheça as histórias inspiradoras do time de pais do Grupo Boticário!

Quando nasceu, com apenas 29 semanas de gestação, a Heloísa cabia na palma da mão do pai. Seu nascimento foi considerado um milagre pelos médicos. Mais de um ano depois, o Maílson comemora a saúde da filha e se sente um pai muito mais responsável.

A paternidade chegou como um desafio fora do comum na vida do José. Junto ao parto do Felipe, também veio a partida da então esposa. Porém, ele não estava sozinho em campo: o filho o ensinou que a maior habilidade de quem joga junto é ter coragem.

Quando entraram na fila de adoção, Jean e Richard esperavam por uma criança com até 10 anos de idade, mas a vida os surpreendeu com um duplo desafio. Os irmãos gêmeos Sara e Guilherme, recém-nascidos, foram escalados. Juntos, eles formaram um time campeão.

Quando soube que seria pai, o Gustavo se planejou para estar perto da Bebel pelo maior tempo possível. Junto aos 20 dias de licença-paternidade, ele ainda emendou as férias, mostrando que ser pai é, sim, ter tempo para estar junto e jogar com a família.

No Dia dos Pais e em todos os outros dias do ano, a gente incentiva você a viver a sua paternidade em toda a sua plenitude. Dedicar-se ao seu filho não apenas no nascimento, mas em todas as fases da vida dele, é entender que quando os pais jogam junto, todo mundo joga melhor. Esteja presente, inspire e faça dessa uma relação amistosa e campeã para toda a sua família.

Compartilhe #ComVocêEuJogoMelhor
nas redes sociais e incentive mais pessoas a fazerem parte desse movimento!

Tags: #paternidade #licença-paternidade #igualdade #diadospais #comvoceeujogomelhor